Os perigos da deep web, o outro mundo da internet

Muitos mitos estão por trás do “lado B” da rede. Veja dicas e tudo o que você precisa saber para evitar riscos

perigos da deep web

Tráfico de órgãos, mercado “underground” de diferentes segmentos, venda de armas, crimes, pedofilia. É provável que você já tenha ouvido alguma afirmação desse tipo quando o assunto é um outro mundo da internet, escondido, e de mais difícil acesso para o público no geral. Mas você sabe quais são os perigos da deep web?

perigos da deep web

Há uma série de especificações e detalhes para que seja possível acessá-la. Para quem nunca esteve lá, a impressão é de que, assim que se chega à deep web, você é automaticamente bombardeado por conteúdos criminosos. Não é bem assim.

A deep web é muito semelhante em estrutura ao que tradicionalmente acessamos na internet, tudo depende daquilo que você busca e quais endereços determinados pretende acessar.

Para que você entenda melhor sobre esse universo, assim como quais são os perigos da deep web, a equipe do Violência Social preparou um post completo:

> O que é a deep web;

> Quais são os perigos da deep web;

> Saiba como garantir uma navegação segura pela rede mundial de computadores.

O que é a deep web?

Pense na internet como um grande iceberg. O que você vê, grande, extenso e encantador é apenas uma pequena parte do todo. Uma outra parte, um verdadeiro novo mundo, não é visível da superfície.

perigos da deep web

Para que você entenda mais tecnicamente, a internet é formada por computadores com conteúdos conectados entre si por meio de uma rede de cabos em todo mundo. Por ela, é possível chegar a qualquer máquina desde que se conheça o IP da outra. Para que ninguém precise decorar números ou dados extremamente técnicos, os servidores possuem uma lista com as correspondências entre o IP e um endereço nominal: o site ou endereço da internet propriamente dito que você acessa, como o www.violenciasocial.com.

Em resumo, a deep web seria tudo aquilo que está disponível máquinas e que não estão identificadas com um endereço específico pelos motores de busca. Por isso, é comum ouvir que o que pode ser acessado facilmente está na superfície da internet.

Essa falta de identificação específica e a dificuldade no acesso flertam diretamente com a facilidade do anonimato. A combinação entre a quase impossibilidade de identificação aliada à possibilidade de anonimato faz com que o ambiente seja propício para criminosos e uso para situações ilegais ou imorais.

No entanto, resumi-la e rebaixá-la apenas a um submundo de crimes no ambiente virtual é muito superficial. Assim como a área mais conhecida da web, ela permite experiências positivas e um mundo de descobertas únicas.

Como acessá-la? – Para acessar a deep web são necessárias algumas especificações. Você precisa entender um pouco mais de tecnologia para se proteger de possíveis ameaças virtuais. Além disso, é comum o uso de navegadores específicos, como o Tor, que faz o acesso anônimo da rede.

Como os sites e conteúdos são anônimos e impossíveis de serem encontrados, é necessário saber exatamente o endereço e as informações que você pretende acessar.

Quais são os perigos da deep web?

Esse “lado B” da internet traz diferentes conteúdos, como livros raros, artigos científicos e fóruns de discussões específicas. Por outro lado, existem os perigos da internet.

Por possibilitar o anonimato, o usuário também pode se deparar com propagandas para a venda ilegal de drogas, textos preconceituosos e diversos crimes.

Ainda é preciso entender melhor a deep web e, apesar da dificuldade de rastreio, é necessário, também, denunciar conteúdos ilegais e criminosos, como ódio racial e pedofilia.

perigos da deep web

Navegação segura

Algumas dicas são valiosas para que você garanta uma navegação segura e tranquila para toda a família. Além do conhecimento técnico, o diálogo também é fundamental, especialmente para os pais de crianças e adolescentes. Fique atento às dicas:

> Proteção e atualização – mantenha sua máquina sempre atualizada e com um bom antivírus sempre fazendo a verificação necessária;

> Segurança – busque sempre sites seguros e certifique-se dos dados que você acessa;

> Informações pessoais – cuidado com as informações muito pessoais que você compartilha na rede. Pessoas mal intencionadas podem roubá-las ou utilizá-las contra você;

> Diálogo e controle – oriente seus filhos e toda a família sobre a navegação. Caso você tenha crianças ou adolescentes em casa, fique de olho no que eles acessam. Os perigos da deep web fazem com que esse não seja o ambiente adequado para eles.

 

Segurança da Família

Sobre a causa

Enquanto o Estado e gestores públicos não acabam com a violência, o que resta ao cidadão? Adotar medidas de defesa, mudando comportamentos pessoais e tudo mais que estiver a seu alcance! No "Segurança da Família" você terá acesso a informações sobre como se defender e evitar da violência, além de conhecer melhor os seus direitos!

Envie seu Comentário

5 + 3 =