Como não cair no golpe da passagem aérea

Viajar pelo Brasil e pelo mundo é o sonho de muitas pessoas, mas os preços das passagens aéreas muitas vezes acabam dificultando que ele seja realizado. Foi pensando justamente nisso que os bandidos criaram um novo tipo de golpe. O sonho de viajar pode se tornar um verdadeiro pesadelo quando você se torna vítima das falsas ofertas de passagem aérea.

A internet é a principal facilitadora de conversas, compras, pesquisas e golpes do mundo. Há casos em que o vendedor comprou a passagem aérea com cartão de crédito, clonado ou roubado, por exemplo. Quando isso acontece, assim que a companhia aérea detecta o crime, ela cancela a passagem. Mas neste momento você provavelmente já terá comprado o tíquete e não será ressarcido.

Leia também: Como ficar seguro em viagens!

Outra tática dos bandidos é comprar a passagem aérea com milhas de contas hackeadas e as revenderem. Esse golpe demora mais para ser percebido e, com isso, muitas vítimas serão afetadas até que os bilhetes comecem a ser cancelados.

Falando em cancelamento de passagens, é possível também se deparar com o golpe do bilhete cancelado. O vendedor compra uma passagem, fotografa o comprovante, e depois cancela o voo. Esse comprovante será a isca para enganar os compradores.

Veja como evitar:

  • Sempre que encontrar uma oferta, pesquise sobre o vendedor ou a empresa para qual ele diz trabalhar. Cheque os números de documentos e se o site pelo qual ele anuncia as passagens está hospedado no Brasil. Se não estiver, redobre as atenções. Muitas vezes hospedar um site no exterior é uma tática para que nenhuma vítima consiga acioná-lo judicialmente.
  • Outra dica importante e bem simples de ser seguida é conferir se o voo prometido realmente consta no site da companhia aérea. Muitas vezes o golpe é completo e nem sequer há um avião programado para aquele dia e horário. Mas não se engane: nem mesmo a passagem ser verdadeira é garantia de que o vendedor é honesto.
  • Tente encontrar outros clientes desse vendedor na internet. Dificilmente você será o primeiro a falar com ele e, em caso de golpes, provavelmente não será também a primeira vítima. Tire todas as dúvidas sobre a entrega do serviço com esses clientes anteriores, mas cuidado com fakes do próprio vendedor. Escolha conversar com aquelas pessoas que possuem os perfis mais reais, com fotos, amigos e publicações frequentes nas redes sociais.
Segurança da Família

Sobre a causa

Enquanto o Estado e gestores públicos não acabam com a violência, o que resta ao cidadão? Adotar medidas de defesa, mudando comportamentos pessoais e tudo mais que estiver a seu alcance! No "Segurança da Família" você terá acesso a informações sobre como se defender e evitar a violência, além de conhecer melhor os seus direitos! Leia mais

Envie seu Comentário

66 − = 58