Dicas para segurança das grávidas no volante

Dirigir é uma atividade cotidiana. E gravidez não é doença. Nós sabemos que essas duas afirmações são super verdadeiras, mas não custa nada tomar alguns cuidados adicionais para garantir a segurança das grávidas e do bebê que está por vir.

Algumas dicas parecem simples, mas para as mães de primeira viagem, podem fazer toda diferença. Uma delas, falando em viagem, inclui os percursos muito longos. Vai para outra cidade durante a gravidez? Então tente se preparar com antecedência.

Quando for contabilizar o tempo de estrada não esqueça de incluir uma parada a cada duas horas para que você possa utilizar o banheiro e movimentar as pernas. Durante a gestação a circulação sanguínea é sempre uma preocupação e muitas horas sentada pode gerar grandes desconfortos. Não deixe de movimentar os pés mesmo dentro do carro.

Prepare também alguns petiscos – mas nada de incluir só besteira no cardápio, fale com seu médico sobre quais refeições rápidas podem ser incluídas na dieta – e programe paradas para os horários das refeições principais, como almoço e jantar.

LEIA TAMBÉM: Dia das mães e a realidade das Mães Solo no mercado de trabalho

Veja abaixo mais algumas dicas importantes:

Posição do banco

As costas devem estar sempre apoiadas no encosto do banco, para que as grávidas não sintam desconfortos pelo peso da barriga somado à má postura.

À medida que a barriga vai aumentando, é preciso também ajustar o banco para que você possa alcançar os pedais e ainda manter uma distância segura do volante. Quando essa posição já não for possível, é hora de parar de dirigir. O ideal é contar com uma distância de 25 cm entre o volante e o tórax.

Cinto de segurança

O principal dispositivo de segurança dos veículos pode se tornar um problema para as gestantes. A orientação é usar sempre o de “três pontos”, seja no banco da frente ou no traseiro. Assim a faixa superior cruza o meio do ombro e passa entre as mamas, terminando abaixo do ventre.

O mais importante aqui é nunca esquecer: a faixa diagonal deve passar sempre ao lado e nunca em cima da barriga. Assim em caso de colisão ela não será pressionada.

Roupas confortáveis

Apostar em roupas confortáveis, mais afrouxadas e com flexíveis é uma ótima ideia para as gestantes. Quanto menos a circulação e os movimentos forem comprometidos, melhor! Isso vale também para os sapatos.

Convide um carona

Mesmo que seja um trajeto curto, sempre que possível as grávidas devem chamar algum amigo ou parente para ser um “carona convidado”. Vai ao banco? Chame uma amiga. Ao mercado? Que tal perguntar se a vizinha também precisa fazer compras?

Com alguém ao lado uma emergência pode ser melhor contornada. Nunca se sabe quando um enjoo repentino ou uma tontura vão aparecer, então sempre que possível conte com uma companhia que possa te ajudar ou assumir o volante. Ah! E não esqueça de levar com você a carteirinha do convênio médico, documentos pessoais e o telefone do obstetra!

Falando em enjoos, as grávidas precisam estar atentas aos limites de seu próprio corpo. Ao menor sinal de enjoo, tontura, sono, ou dores é preciso estacionar o carro em local seguro e não insistir ao volante.

Segurança da Família

Sobre a causa

Enquanto o Estado e gestores públicos não acabam com a violência, o que resta ao cidadão? Adotar medidas de defesa, mudando comportamentos pessoais e tudo mais que estiver a seu alcance! No "Segurança da Família" você terá acesso a informações sobre como se defender e evitar a violência, além de conhecer melhor os seus direitos! Leia mais

Envie seu Comentário

4 + 1 =