Vai fazer um cruzeiro marítimo? Fique atento à sua segurança

Na temporada de verão, os navios ficam lotados. Saiba como se proteger para aproveitar a viagem

Você já sonhou em fazer uma viagem de navio? Todos os anos, durante a temporada de verão, milhares de brasileiros tiram esse sonho do papel e fazem o tão sonhado cruzeiro marítimo. No entanto, é preciso estar atento a algumas dicas para que esse momento tão especial não se torne um pesadelo.

cruzeiro marítimo

Em tempos de verão, os terminais estão cheios e milhares de pessoas aguardam para aproveitar bons momentos em verdadeiros hotéis flutuantes de alto luxo que passeiam por diferentes destinos. Somente no Porto de Santos, o maior da América Latina, a previsão é que passem mais de 610 mil passageiros nos 11 navios que farão parte da temporada.

Para que você aproveite os dias de descanso e folia da melhor maneira, colecionando apenas boas memórias, preparamos um post com as melhores dicas para que você não tenha problemas de segurança durante seu cruzeiro marítimo:

  • Documentos – Depois de saber mais sobre seus destinos, sobre o navio e arrumar as malas, é hora de preparar os documentos. Deixe a documentação exigida organizada, separada e de forma que esteja à mão no momento do seu embarque;

cruzeiro marítimo

  • Embarque – Fique atento ao horário estipulado de embarque e chegue com antecedência para que o check in possa ser feito com calma. Como os terminais tendem a estar muito cheios (e é exatamente nesses momentos que pessoas mal intencionadas colocam suas ações em prática), fique atento a tudo ao seu redor, especialmente aos seus objetos pessoais, bolsas e malas;
  • Dinheiro – procure saber como são feitas as compras e as transações a bordo. Para situações mais específicas, você precisará trocar o dinheiro por dólares, a moeda mais comum e utilizada em um cruzeiro marítimo. Os cartões internacionais também costumam ser amplamente aceitos;
  • A bordo – Assim que entrar no navio, procure sua cabine. Deixe a bagagem de mão no quarto e aproveite para observar pontos importantes que servirão como referência (elevadores, por exemplo, e o que for mais próximo para você se localizar melhor). Você pode se perder nas primeiras horas, mas a tripulação está pronta para ajudar em casos como esse. Aproveite também para conhecer os principais espaços do navio, áreas comuns, restaurantes, equipes médicas ou de emergência, além de  entender melhor as regras e também se ambientar com aquela que será a sua casa por alguns dias inesquecíveis;

cruzeiro marítimo

  • Bebidas alcoólicas – Em alguns pacotes de cruzeiro marítimo, é possível escolher a opção “all inclusive”, ou seja, com tudo incluso, até mesmo as bebidas alcoólicas. Cuidado para não exagerar na bebida: além da possibilidade de passar mal, você pode ficar mais vulnerável à ação de pessoas mal intencionadas – que sempre existem nos mais variados ambientes. Entrar com entorpecentes ou fazer uso deles durante a viagem também é proibido;
  • Prudência – A felicidade da viagem pode despertar sentimentos de poder, de se desafiar ou mesmo de tentar algo novo. Mas, cuidado! Atenção redobrada às piscinas caso você não saiba nadar e não desrespeite as regras pensadas especialmente para a sua segurança a bordo;
  • Ânimos exaltados – Mesmo nos navios menores, a média de passageiros sempre ultrapassa a casa dos 3 mil. Ainda que o espaço seja grande, são muitas pessoas reunidas – uma pressão que pode começar antes mesmo do embarque. Evite os ânimos exaltados para eliminar possibilidades de brigas, confusões ou tumultos. Aproveite sua viagem da melhor forma possível!

 

Leia também

Dirigir embriagado é crime penalizado pela Lei Seca

No Brasil, mortes por afogamento têm maior índice da América Latina

Segurança da Família

Sobre a causa

Enquanto o Estado e gestores públicos não acabam com a violência, o que resta ao cidadão? Adotar medidas de defesa, mudando comportamentos pessoais e tudo mais que estiver a seu alcance! No "Segurança da Família" você terá acesso a informações sobre como se defender e evitar da violência, além de conhecer melhor os seus direitos!

Envie seu Comentário

89 + = 92