Segurança nas ruas

Andar pelas ruas também requer algumas medidas de segurança, sabia? Com a segurança cada vez mais precária no país, é preciso estar sempre atento aos seus movimentos e de quem está ao seu redor para que assim possa garantir a sua segurança e a da sua família.

Para começar, a dica mais óbvia: não fale ao celular enquanto está na rua. Sabemos que 99% das pessoas que lerem esse trecho vão dizer que tomam cuidado ao falar no telefone ou usar o whatsapp. Mas a verdade é que milhares de celulares são roubados todos os dias e as principais vítimas são as pessoas desatentas.

É preciso sempre se lembrar que os bandidos se aproveitam destes momentos de distração para atacar. E se estivermos atentos podemos notar mais facilmente atitudes suspeitas, e mudar o trajeto ou pedir ajuda quando possível.

Ao avistar uma pessoa suspeita, não deixe de demonstrar isso. Seja olhando diretamente para a pessoa ou desviando o caminho. Na maioria das vezes os criminosos que estão desarmados contam com o elemento surpresa para atacar, então eles desistirão do roubo ao perceber que foram vistos. Mas isso não significa reagir ao assalto. NUNCA REAJA.

Cuidados com bolsas e dinheiro

Vai sair de bolsa ou mochila? Então leve-as sempre na frente do corpo. O importante é não perder a bolsa de vista, principalmente a parte em que ela abre. Se estiver com carteira e celular no bolso, opte pelo bolso da frente, nunca o traseiro. E mantenha as mãos próximas ao bolso o tempo todo.

Já sobre o dinheiro, sempre que possível não leve nada com você. Prefira cartões, que podem ser bloqueados em caso de roubo, furto ou perda. Se precisar sair com dinheiro, tente não carregar grandes quantias e divida entre os bolsos, bolsa e mochila, não deixe todo o montante em um único local.

Caso precise andar com uma quantia muito alta, tente sempre usar as “doleiras”, aquelas bolsas que parecem pochetes e são projetadas para uso dentro da calça. Além disso, Evite andar com objetos de valor, como câmeras, relógios, celulares e bolsas de grife. Esses objetos chamam a atenção de qualquer pessoa, e isso inclui principalmente os bandidos.

Cuidado com o caminho

Procure andar por ruas movimentadas e bem iluminadas. Antes de sair de casa já se planeje. É possível chegar ao destino utilizando vias movimentadas e iluminadas? Se sim, opte por esse trajeto, mesmo que isso signifique andar alguns quarteirões a mais.

Sempre que possível, combine com mais alguém a caminhada. Vai para o trabalho? Pois então combine com algum colega de trabalho o horário que você chegará no ponto de ônibus, por exemplo. Assim vocês podem caminhar juntos do ponto até a empresa e diminuir as chances de serem abordados.

Ao chegar em casa, seja de carro ou à pé, sempre tente observar toda a rua antes de parar no portão. Caso perceba alguma movimentação estranha, não pare. Passe pela sua casa e siga até algum comércio próximo, onde você possa esperar alguns minutos em segurança.

Se você mora em prédio, faça contato com o porteiro assim que se aproximar. Assim a porta provavelmente será aberta mais rápido e o criminoso vai notar que mais alguém está observando o que acontece na rua. Não perca tempo na calçada procurando a chave, já caminhe com ela em mãos.

Segurança da Família

Sobre a causa

Enquanto o Estado e gestores públicos não acabam com a violência, o que resta ao cidadão? Adotar medidas de defesa, mudando comportamentos pessoais e tudo mais que estiver a seu alcance! No "Segurança da Família" você terá acesso a informações sobre como se defender e evitar a violência, além de conhecer melhor os seus direitos! Leia mais

Envie seu Comentário

− 2 = 3