Todo ano novos golpes são aplicados contra a população. E, dessa vez, o alvo são os proprietários de veículos. Todo começo de ano os motoristas já se acostumaram a pagar o IPVA e foi pensando nisso que golpistas começaram a se aproveitar da oportunidade para ganhar dinheiro emitindo boletos falsos de IPVA.

E, como vemos diversas vezes aqui, os criminosos são bastante refinados. Os documentos podem seguir com o nome completo e o endereço do cidadão, logotipos do banco e da Secretaria da Fazenda estadual e o código de barras para pagamento.

transporte por aplicativo

A orientação para não se tornar uma vítima é simples: desconfie de qualquer boletos recebidos por Correios, e-mail ou aplicativos de mensagens como WhatsApp.  Por enquanto, somente no Amapá, no Distrito Federal e no Mato Grosso do Sul os contribuintes ainda recebem boletos pelos Correios. No entanto, até mesmo nesses locais é possível pagar o IPVA diretamente no banco, por internet banking ou em caixas eletrônicos, utilizando o código Renavam do veículo.

A atenção é extremamente necessária para que o pagamento não seja feito, afinal não há maneira fácil de recuperar o dinheiro perdido.

Para quem já realizou o pagamento indevido, é preciso fazer um registro de Boletim de Ocorrência e pagar, novamente, desta vez da forma correta, o imposto sobre o veículo. Um gasto bastante alto, principalmente em um mês com tantas despesas como janeiro.

Como obter o boleto do IPVA pela internet

A seguir, listamos os links com todos os estados brasileiros que permitem impressão da guia do IPVA pela internet. Assim, você pode obter o boleto de pagamento de maneira seguura, apenas utilizando o código Renavam do seu veículo.