Como proteger seu smartphone

Em
um mundo cada vez mais conectado, os smartphones se tornaram quase que um
complemento do nosso próprio corpo. Todos os dias, o dia todo, estamos
disponíveis, atentos às telas desses dispositivos que armazenam a maior parte
das nossas informações e pessoais e profissionais. E é aí onde mora o perigo.

É muito importante cuidar da segurança dos dados presentes do seu smartphone. Imagine que o seu celular seja roubado hoje. Você tem certeza de que todas as suas informações estão protegidas?

Além disso, o perigo de ser hackeado ao visitar páginas na internet pelo próprio smartphone também é real. Foi pensando nisso que separamos algumas dicas para ajudar a manter seu dispositivo o mais seguro possível.

1. Use um bloqueio de tela

Parece óbvio,
mas não é. Muitas pessoas ainda deixam o telefone sem qualquer tipo de bloqueio.
É importante incluir um padrão – aquele “desenho” que fazemos seguindo as
bolinhas na tela – ou senha numérica.

Cabe
ressaltar que o padrão pede o cuidado de ter sempre a tela limpa. Se o seu
telefone for roubado ou perdido, qualquer vestígio de dedo pode às vezes ser
visto e usado para desbloquear a tela.

2. Use um bloqueio também do cartão SIM

Um bloqueio de tela é útil, mas não impede que alguém remova o cartão SIM do telefone e o use em outro aparelho. Para evitar que isso aconteça, configure um bloqueio do cartão SIM na forma de um número PIN que precisará ser inserido quando um novo telefone for ligado com o chip.

3. Proteção sem fio

Sempre
desligue sua conexão sem fio quando não estiver em uso. Isso garante que
as pessoas não possam se conectar ao seu dispositivo sem o seu conhecimento.

O
mesmo vale para o Bluetooth, que pode ser usado por hackers para acessar
remotamente seu celular. Defina a configuração do Bluetooth como “não
detectável”, para que as pessoas que pesquisam dispositivos próximos não
possam ver você.

4.
Instale o antivírus

Se você não
deixa seu computador desprotegido, porque com o smartphone seria diferente? Muitas
empresas de antivírus oferecem ótimas opções de proteção móvel, deixando seu
celular menos vulnerável.

Infelizmente,
um software de antivírus falso, projetado para infectar seu dispositivo ou
fazer você pensar que está protegido quando não estiver, também já chegou aos
smartphones, então fique atento. 

Segurança da Família

Sobre a causa

Enquanto o Estado e gestores públicos não acabam com a violência, o que resta ao cidadão? Adotar medidas de defesa, mudando comportamentos pessoais e tudo mais que estiver a seu alcance! No "Segurança da Família" você terá acesso a informações sobre como se defender e evitar a violência, além de conhecer melhor os seus direitos! Leia mais

Envie seu Comentário

2 + 1 =