O que fazer em caso de quedas e acidentes

Prestar os primeiros socorros para pessoas que sofreram quedas e fraturas pode ser determinante para a saúde da vítima

Você alguma vez já presenciou uma queda? Se sim, soube o que fazer? Agir da maneira correta e com agilidade podem ser determinantes para a manutenção da saúde e até da vida da pessoa que se acidentou. É por isso que nesse post vamos mostrar um pouco do que deve ser feito em caso de quedas e acidentes.

  • Primeira providencia em caso de queda
  • Como evitar quedas em casa
  • O jeito certo de cair

quedas

Primeiras providências

Se você presenciar uma queda e a pessoa lesionada não conseguir se levantar, tenha sempre em mente: não a movimente! Tentar colocar o osso não posição correta em caso de fraturas, pedir para que a pessoa se levante mesmo que esteja com dor ou movimentar membros lesionados são atitudes extremamente perigosas. Um osso fraturado, que poderia ser facilmente corrigido com o uso de gesso, por exemplo, pode acabar rompendo uma artéria se a pessoa não for corretamente imobilizada, correndo assim um grave risco de morte. Sempre que uma queda acontecer e a pessoa não puder se levantar, chame o serviço de resgate público da sua cidade.

Caso a queda tenha acontecido na rua, use o triângulo do carro – se houver – para sinalizar o local do acidente. Caso não tenha o acessório, lance mão do que tiver, pode ser um capacete, um step… o importante é deixar o obstáculo bem visível para que nenhum carro passe pelo local do acidente.

Se, além da fratura, houver ferimento aberto, tente limpá-lo com água corrente e coloque um material limpo por cima para protegê-lo enquanto a ambulância não chega. Em caso de sangramento excessivo, faça uma compressão leve na ferida para estancar. Mas sem apertar demais e sem movimentar o membro ferido, não se esqueça das complicações da fratura. O mesmo vale para todos os tipos de sangramento, sejam eles acompanhados ou não de ossos quebrados.

Se a pessoa ferida tiver batido a cabeça, com ou sem capacete, informe imediatamente o socorrista que fará o primeiro atendimento. Com ou sem ferimentos aparentes, lesões no crânio são bastante perigosas e podem trazer consequências graves para a vítima.

Como evitar quedas

quedas

Por mais que as pessoas não percebam, as residências normalmente são cheias de armadilhas e as quedas e acidentes dentro de casa são mais comuns do que imaginamos.

A dica é prender bem os fios e colocar fita adesiva ou adesivo antiderrapante na ponta dos tapetes, para evitar que ele deslize no chão. Já na mesa de centro a dica é colocar suportes nos cantos.

Para os idosos, o perigo é maior, eles tendem a ter menos equilíbrio e mais facilidade de fraturas em caso de queda, por isso vale a pena ficar de olho se os sapatos que eles utilizam em casa estão bem presos nos pés e se as solas protegem de escorregões. Chuveiros e banheiras precisam de revestimento ou tapete antiderrapante também, assim como é bom tratar pisos de madeira com materiais que não sejam tão escorregadios.

Leia também: Dicas para evitar acidentes domésticos

Qual o jeito certo de cair

Saber cair é importante para evitar lesões e machucados mais graves. Quando perceber que a queda é inevitável, não tente “brigar” com a lei da gravidade. É nessa luta para não cair que as pessoas acabam se apoiando da forma errada, caindo em cima de braços e pernas.

A dica é transformar a queda em rolamento, como se fosse uma continuação do movimento, o que não prejudica nenhuma articulação e nem a cabeça. Além disso, não é recomendável tensionar o corpo na hora de cair. Deixe a natureza seguir o seu curso – e te levar ao chão.

Segurança da Família

Sobre a causa

Enquanto o Estado e gestores públicos não acabam com a violência, o que resta ao cidadão? Adotar medidas de defesa, mudando comportamentos pessoais e tudo mais que estiver a seu alcance! No "Segurança da Família" você terá acesso a informações sobre como se defender e evitar a violência, além de conhecer melhor os seus direitos! Leia mais

Envie seu Comentário

2 + 6 =