Como funciona o golpe do pacote de dinheiro


Como muitos dos golpes que já vimos aqui, o golpe do pacote de dinheiro envolve muita lábia dos bandidos e acontece nas ruas. Os criminosos observam de perto a futura vítima, muitas vezes com ajuda dos próprios funcionários do banco, e percebem que ela sacou uma alta quantia de dinheiro e a seguem.

Trabalho em dupla

Para que esse golpe dê certo, eles precisam estar em dupla. Enquanto um deles deixa propositalmente cair na frente da vítima uma folha de cheque de alto valor ou um pacote recheado de dinheiro, o segundo se aproxima e começa a conversar com a vítima, diz que também viu o que aconteceu a convence de que os dois devem juntos devolver o dinheiro.

Golpe do envelope vazio

Neste momento, o primeiro bandido volta e se diz agradecido por duas pessoas tão honestas terem encontrado seu dinheiro. Ele então oferece uma recompensa financeira para a vítima e ao comparsa, dizendo que eles deverão comparecer a um escritório, para receber.

O golpista vai receber a suposta recompensa e volta com uma boa quantia em dinheiro, despertando o interesse da vítima. Na sua vez de receber a recompensa, a vítima é orientada a deixar a sua bolsa e seus objetos pessoais – inclusive o dinheiro recém sacado do banco – com os criminosos.

Por incrível que pareça, ela só percebe que foi vítima de um golpe quando os bandidos já desapareceram.

Golpe do envelope vazio

Para evitar que isso aconteça, confira algumas dicas:

  • Não entre nesse tipo de conversa. Ao perceber que essas cenas acima estão acontecendo, se afaste e procure um local seguro.
  • Não se esqueça que essas pessoas sabem que você está com uma alta quantia de dinheiro em mãos, então não vacile.
  • Diga que está ocupado e que não pode ajudar, mas que confia que a pessoa que vai fazer a devolução do dinheiro na melhor maneira possível.
  • Novamente, nunca entregue nenhum tipo de pertence pessoal nas mãos de pessoas que você não conhece, principalmente se a pessoa te disser muitas vezes que você pode deixar a bolsa com ela, que ela é honesta, que você não corre perigo algum.
Segurança da Família

Sobre a causa

Enquanto o Estado e gestores públicos não acabam com a violência, o que resta ao cidadão? Adotar medidas de defesa, mudando comportamentos pessoais e tudo mais que estiver a seu alcance! No "Segurança da Família" você terá acesso a informações sobre como se defender e evitar a violência, além de conhecer melhor os seus direitos! Leia mais

Envie seu Comentário

43 − = 40